Fillos.org solicita implicação urgente dos galegos para suster a sua ponte virtual (Portal Galego da Língua)

http://www.agal-gz.org/modules.php?name=News&file=article&sid=4014

O portal leva 10 anos fazendo de ponte entre Galiza e a diáspora mas só conta com 49 sócios cotizantes

Andoni Herrera.- Embora seja o principal referente da emigração galega na Rede com quase 5.400 utentes registados e mais de 100.000 visitas cada mês, a Comunidade Virtual de Filhos da Galiza queixa-se do seu escasso apoio social.
[+…]

Este apoio quantifica-o mediante o que denominam «o Compromissómetro», um contador que na capa do seu web marca em tempo real a relação entre filiados (sócios) e utentes (membros), e que actualmente está por baixo de 1%.

«Queremos chegar aos 100 sócios, acho que é uma cifra modesta: não chegaria aos 2% mas implicaria um medre vital para nós», explica Manuel Casal Lodeiro («Casdeiro»), secretário da Associação e gestor técnico do portal. A situação económica dos países onde residem a maioria dos utentes que desfrutam dos conteúdos culturais e serviços que fornece o portal, faz com que seja impensável cobrar a todos eles «e isso ademais atraiçoaria a filosofia com que nasceu Filhos», acrescenta o seu responsável.

Por tal razão fazem um chamado à solidariedade dos galegos que moram na Galiza ou em países com melhores condições económicas, para que contribuindo aos 30 euros da quota anual, «se solidarizem e apoiem o nosso projecto. Embora nos valha mais o facto de se somarem à associação como galegos comprometidos activamente com o nosso labor, que a quantia económica das quotas», aclara Casal Lodeiro.

O objectivo de atingir cem sócios tem uma data limite: o vindouro 21 de Janeiro, quando começarão a que será a sua oitava assembleia geral, que também tem lugar online como quase todas as actividades do colectivo. Nessa assembleia vai-se decidir a continuidade do projecto em função da implicação abrangida das pessoas que queiram dar novos azos a este centro galego online que com só dez anos de história é já o oitavo do mundo em número de participantes.

Segundo justificam de Filhos, «Internet é uma oportunidade histórica para recuperarmos as ligações entre as duas Galizas, e a nossa Associação constitui o referente principal neste novo meiio. Mas, com apenas 50 pessoas que a formamos desde há anos não podemos suster uma responsabilidade que não deixa de medrar».

Em Afiliate.fillos.org têm publicada toda uma série de informações de grande utilidade para os interessados, presididas por uma animação muito explícita sobre a sua situação.

Esta entrada foi publicada en Fillos de Galicia, Fillos nos medios. Garda a ligazón permanente.